Google+ seguidores

Autismo

É importante aceitar o diagnóstico e começar a agir imediatamente,
Pois quanto antes se iniciar os tratamentos, melhor.
Intervenção precoce é sempre um indicador de bom prognóstico;
Autista é difícil na interação social,
Usualmente combinado com dificuldades
De linguagem e de comportamento;
Não existe uma comprovação de que o autismo
Acontece por problemas emocionais,
Ou por ausência dos pais ou maus tratos;
Existem diversos tratamentos.
O que ainda não se tem é a possível cura.
Há pessoas com autismo em todos os países,
Culturas e classes sociais de todo mundo;
As pessoas com autismo têm dificuldades
Em interagir com outras e em reconhecer outros comportamentos;
O autismo pode variar de um grau mais severo,
Passando pelo moderado e chegando
Ao autismo de bom funcionamento de desempenho;
A maioria das pessoas com autismo tem dificuldade de
Comunicação e em se fazer entender, porém
isso não quer dizer que não queiram e possam interagir e participar;
Cada pessoa com autismo tenha linguagem verbal
Ela pode ter repetições imediatas ou tardias.
Quanto mais leve o grau do autismo,
Melhor a fala e a comunicação.
As causas dos espectros do autismo podem ser de origem
E etiologia diversas (fatores pré, pen,
E pós-natal, ambiental, infecções, entre outras.)
Detonando um provável marcador genético.
Um dos melhores tratamentos para autismo é a educação.
Sem contra-indicação e efetivo em todos os casos de autismo,
Independente da etiologia. Com a educação, a evolução é
Sempre positiva, ainda que possa ser lenta.
A participação e o envolvimento dos pais são fundamentais
Para obter resultados positivos durante o processo de educação
Inclusiva de alunos com autismo.


Revista Ciranda da Inclusão
Edição: maio-2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário