Google+ seguidores

Deficiência Fisíca

O que é deficiência física?
Definição:

A deficiência física refere-se ao comprometimento do aparelho locomotor que
compreende o sistema osteoarticular, o sistema muscular e o sistema nervoso. As doenças
ou lesões que afetam quaisquer desses sistemas, isoladamente ou em conjunto, podem
produzir quadros de limitações físicas de grau e gravidade variáveis, segundo(s) segmento(s)
corpora(is) afetado(s) e o tipo de lesão ocorrida. (http://www.entreamigos.com.br)
Tipos/características:
• Lesão cerebral (paralisia cerebral, hemiplegias)
• Lesão medular (tetraplegias, paraplegias)
• Miopatias (distrofias musculares)
• Patologias degenerativas do sistema nervoso central (esclerose múltipla, esclerose)
• Lesões nervosas periféricas
• Amputações
• Seqüelas de politraumatismos
• Malformações congênitas
• Distúrbios posturais de coluna
• Seqüelas de patologias da coluna
• Distúrbios dolorosos da coluna vertebral e das articulações dos membros
• Artropatias
• Reumatismo inflamatório da coluna e das articulações
• Doenças osteomusculares (DORT)
• Seqüelas de queimaduras
Causas:
As causas são as mais diversas. Em seguida serão apresentadas algumas:
• Paralisia Cerebral: por prematuridade; anóxia perinatal; desnutrição materna; rubéola;
toxoplasmose; trauma de parto; subnutrição.
• Hemiplegias: por acidente vascular cerebral; aneurisma cerebral; tumor cerebral.
• Lesão Medular: por ferimento por arma de fogo; ferimento por arma branca; acidentes
de trânsito; mergulho em águas rasas; traumatismos diretos; quedas; processos
infecciosos; processos degenerativos.
• Malformações congênitas: por exposição à radiação; uso de drogas; causas
desconhecidas.
• Artropatias: por processos inflamatórios; processos degenerativos; alterações

biomecânicas; hemofilia; distúrbios metabólicos e outros.
Fatores de risco:
• Violência urbana
• Acidentes de trânsito
• Acidentes desportivos
• Alto grau de estresse
• Tabagismo
• Maus hábitos alimentares
• Uso de drogas
• Sedentarismo
• Epidemias/endemias
• Agentes tóxicos
• Falta de saneamento básico
Sinais de alerta:
• Atraso no desenvolvimento neuropsicomotor do bebê (não firmar a cabeça, não sentar,
não falar no tempo esperado).
• Perda ou alterações dos movimentos, da força muscular ou da sensibilidade em
membros superiores ou inferiores.
• Erros inatos do metabolismo.
• Doenças infecto-contagiosas e crônico-degenerativas.
• Gestação de alto risco
Realizar exames pré e pós-natais favorecem a identificação e a prevenção primária e
secundária desses sinais de alerta, minorando assim o agravamento dos quadros de limitação
e de incapacidade.
Dados estatísticos:
A OMS (Organização Mundial de Saúde) estima que , em tempos de paz, 10% da população
de países desenvolvidos são constituídos de pessoas com algum tipo de deficiência. Para os
países em vias de desenvolvimento estima-se de 12 a 15%. Desses, 20% seriam portadores de
deficiência física. Considerando-se o total dos portadores de qualquer deficiência, apenas 2%
deles recebem atendimento especializado, público ou privado. (Ministério da Saúde –
Coordenação de Atenção a Grupos Especiais, 1995). (http://www.entreamigos.com.br/)
Saberes e práticas da inclusão- MEC/2006 Brasília DF

Nenhum comentário:

Postar um comentário